Outubro Rosa

A Federação Paulista de Atletismo apoia a campanha "Outubro Rosa". Este mês foi escolhido, ainda na década de 1990, para conscientizar a população sobre os perigos do câncer de mama. O movimento visa estimular a participação das mulheres no controle da doença.

A campanha acontece todo ano, com o objetivo de compartilhar informações, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, e consequentemente contribuir para a redução da mortalidade.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama tem como causa a multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

O INCA participa do movimento desde 2010, promove eventos técnicos, debates e apresentações sobre o tema, assim como produz materiais e outros recursos educativos para disseminar informações sobre prevenção e detecção precoce da doença.

Com exceção dos tumores de pele, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. E, apesar das melhorias recentes no tratamento, é inegável que as brasileiras ainda passam por grandes desafios contra essa doença. Daí a importância de, todo ano, valorizar o "Outubro Rosa".

A doença responde por cerca de 25% do total de casos novos a cada ano no mundo. Especificamente no Brasil, esse percentual é um pouco mais elevado e chega a 28,1%. Depois dos tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer é o mais frequente nas mulheres das Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Existe tratamento para câncer de mama e cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, manter o peso corporal adequado, evitar o consumo de bebidas alcoólicas e amamentar.

Comentar

Deixe seu comentário